Publicações
Notícias
17 / Nov / 2020
Petróleo tem maior alta desde maio com notícia sobre vacina da Pfizer.

Petróleo tem maior alta desde maio com notícia sobre vacina da Pfizer.

Na segunda-feira (09), os futuros do petróleo dispararam e fecharam em alta forte, após a Pfizer anunciar que sua vacina obteve resultados melhores que o esperado para proteger as pessoas da covid-19 em um estudo de fase 3.

Os ganhos diários da commodity foram os maiores em seis meses. Os contratos futuros do West Texas Intermediate para dezembro fecharam o dia em alta de 8,48%, aos US$ 40,29 o barril, na Bolsa de Mercadorias de Nova York (Nymex). Já os futuros do Brent para janeiro subiram 7,47%, negociados a US$ 42,40 o barril na ICE, em Londres.

“O petróleo teve um ano absolutamente horrível com a pandemia martelando a demanda e, em um determinado momento, empurrando os preços do petróleo para o negativo”, disse Craig Erlam, analista de mercado sênior da Oanda, em uma nota. “Bem, isso agora pode mudar com uma vacina fornecendo uma solução sustentável para um problema absolutamente horrível que causou uma tragédia global”, afirmou.

A notícia desencadeou uma recuperação global em ações e outros ativos considerados arriscados. Ações de empresas relacionadas a viagens, incluindo companhias aéreas e operadoras de navios de cruzeiro, dispararam.

Comente essa publicação

Fale Conosco