Publicações
Notícias
20 / Jul / 2021
Segurança do trabalho em postos de combustível

Segurança do trabalho em postos de combustível

Segurança do trabalho em postos de combustível

A segurança do trabalho é um assunto sério, visto que ela representa um conjunto de normas bastante relevante na política trabalhista nacional e ainda recebe atenção especial do Ministério do Trabalho (MT).

Engloba também um importante conjunto de medidas que protegem a saúde e a segurança do trabalhador e o estimula a contribuir mais dentro do ambiente de trabalho, principalmente quando pensamos que esses estabelecimentos contam com produtos inflamáveis.

Nacionalmente, a Segurança do Trabalho é regulamentada pela NR 20 do MT, que trata da Saúde no Trabalho com Inflamáveis e Combustíveis. Veja 4 dicas valiosas sobre Segurança do Trabalho em postos de combustíveis!

1 - Utilize os EPIs e os EPCs

De acordo com a NR 6 do MT, os Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) variam de acordo com a função do trabalhador. Em um posto de combustível, os equipamentos obrigatórios são, de forma individual: macacão, botas, avental, luvas ou creme protetor para as mãos.

Além disso, devem ser considerados os itens previstos no Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO) e Programas de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA) da empresa.

Os Equipamentos de Proteção Coletiva (EPC) devem incluir extintores de incêndio, chuveiro lava olhos, kit de primeiros socorros e placas sinalizadoras de alerta e segurança, tais como “É proibido fumar”.

2 - Mapeie os riscos de forma eficiente

Antes de aplicar efetivamente as medidas de segurança, é preciso considerar os riscos. No caso de um posto de combustível, deve ser considerada a possibilidade de incêndios e explosões, que podem ser ocasionadas por falhas na condução do negócio.

Existem também riscos relacionados a intoxicações e contaminações. Elas podem ocorrer pela inalação dos materiais ou até mesmo pelo contato direto com a pele. Quando os gestores realizam uma análise bem pensada dos riscos, fica mais fácil reconhecer e se antecipar às ocorrências do tipo.

3 - Mantenha os funcionários bem treinados

Além de ser obrigatório para o cumprimento da NR 20, o treinamento dos funcionários dos postos de combustível é essencial para a prevenção de acidentes, como também para capacitá-los a agir de maneira correta em situações de emergência.

Contudo, não basta aplicar os treinamentos apenas em uma oportunidade. É sempre importante reforçar informações que foram passadas aos funcionários, para que elas não caiam no esquecimento ou que deixem de receber a devida consideração.

4 - Tenha um gerenciamento de risco

As medidas de gerenciamento e risco envolvem diversas atividades em um posto, como o armazenamento do combustível, o movimento dos veículos e até mesmo os cuidados com a eletricidade no local.

No armazenamento de combustível, por exemplo, temos riscos como a explosão e o incêndio de materiais altamente inflamáveis, como a gasolina e o óleo diesel. Certifique-se de que todos os funcionários estão adequadamente treinados e que os tanques e bombas recebam manutenções preventivas.

As regras devem ser seguidas à risca para garantir o bem-estar de todos. Além disso, as normas NR 20 e NR 6, que fornecem diretrizes valiosas para exercer a segurança do trabalho, não existem por mera formalidade. Elas foram elaboradas com base em estudos detalhados, que verificaram as características da atividade e os riscos que ela inclui para as pessoas e para o meio ambiente. Por isso, conhecê-las e cumpri-las são formas eficazes de garantir a segurança do trabalho em postos de combustível.

Autor/Veículo: Minaspetro Blog

Comente essa publicação

Fale Conosco